Plano odontológico Implante

Plano odontológico Implante

O Plano odontológico Implante surgiu como uma saída para quem precisa de procedimentos odontológicos especializados que os planos odontológicos mais simples não costumam cobrir.

Plano odontológico Implante

A fim de atender uma necessidade específica que surgiu nos consultórios para beneficiar os pacientes.

Plano Odontológico Implante: O que ele cobre

No momento em que você escolhe um plano odontológico, surge a pergunta: o que ele cobre? Muitas vezes, a resposta do convênio é que eles seguem o rol estabelecido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e fica nisso, mas a dúvida persiste, não é mesmo?

Mas afinal, será que o plano odontológico cobre implante? É sobre isso que vamos explicar para você. Então acompanhe esta leitura até o fim e tire essa dúvida.

Normas de planos odontológicos

Os planos odontológicos seguem normas estabelecidas pela ANS, assim como os planos de saúde.

Os implantes dentários constituem uma das intervenções mais importantes em odontologia, por recuperarem a funcionalidade e a harmonia da saúde bucal.

Plano odontológico Implante

Mas veja quais são os atendimentos básicos da ANS:

  • Consultas, incluindo urgência e emergência.
  • Cirurgias, extrações e restaurações.
  • Raios-X.
  • Limpeza e clareamento.
  • Tratamento de canal.
  • Tratamento de gengiva.
  • Instalação de aparelho.

Notou que faltou alguém? Sim, estamos falando do implante ou das próteses dentárias. É isso mesmo: a ANS não obriga que os planos odontológicos cobrem implantes.

Com isso, uma grande quantidade de planos odontológicos acabam não cobrindo esse tipo de tratamento, uma vez que ele não é obrigado a cobrir.

Como é feito a preparação para o uso do plano odontológico implante

A preparação para o uso do plano odontológico implante começa com uma análise completa do estado de saúde bucal do paciente, pois qualquer intercorrência, por menor que seja, pode comprometer o resultado do tratamento para substituição dos dentes perdidos de forma definitiva.

Portanto, o primeiro passo é a investigação da presença de cáries ou tártaro, assim como do acúmulo da placa bacteriana em um ou mais dentes. A ocorrência de pontos de sangramento na gengiva também é analisada antes dos implantes dentários.

O diagnóstico de todos esses problemas, assim como o tratamento adequado para eliminá-los, faz parte da cobertura obrigatória dos planos odontológicos.

É preciso avaliar a estrutura óssea do paciente para garantir que existe uma quantidade suficiente de tecido ósseo para receber o pino de titânio e suportar a pressão posterior, com a colocação da prótese e o movimento natural de mastigação.

Entretanto, diante da necessidade desse procedimento, as pessoas tendem a se preocupar com os custos e acabam adiando o tratamento.

A cobertura do plano odontológico implante

Muitos pacientes ainda não sabem, mas os planos odontológicos podem auxiliar em implantes dentários, facilitando desde a realização dos exames iniciais até o comparecimento às consultas regulares para acompanhamento depois da cirurgia.

Mas como vimos mais acima, a cobertura de implante não consta como atendimento básico (obrigatório da ANS).

Com isso, uma grande quantidade de planos odontológicos acabam não cobrindo esse tipo de tratamento, uma vez que ele não é obrigado a cobrir.

Mas então, o plano odontológico cobre implante ou não?

Como pode ser considerado procedimento estético, o implante não entra na regra da ANS como um procedimento que as operadoras de plano odontológico são obrigadas a cobrir.

Plano odontológico Implante

Sem essa obrigação, o que ocorre é que muitos planos realmente não realizam implantes ou próteses. Além do motivo da não obrigatoriedade, outro fator que pesa é o ao alto custo do método.

Por isso, muitas vezes acontece de chegarmos ao consultório do dentista e descobrirmos que o plano não cobre implante, em cima da hora.

Para não ter que passar por isso, é sempre recomendado entender bem quais são as coberturas do seu plano. Assim, você não fica na mão.

Mas se você ainda não tem um plano odontológico, vamos te mostrar que existem algumas opções no mercado de planos que cobrem esse tipo de procedimento: o plano odontológico implante.

Planos Odontológicos que cobrem implante

Para quem deseja ter um plano dentário que cubra implante, isso é possível, claro que o valor do seu plano ficaria um pouco acima da média.

Os implantes, em geral, têm um custo maior do que outras formas de substituições, como nos caso das dentaduras. Dessa forma, o atendimento particular pode gerar um valor mais alto.

Vale a pena fazer uma análise de custos, colocando tudo na ponta do lápis: talvez, um plano dentário saia mais em conta.

Lembre-se de que é importante verificar junto à operadora os prazos para utilização do serviço ou optar sempre por um plano dentário sem carência.

Livre escolha e reembolso

Alguns planos dentários podem oferecer a opção do sistema de livre escolha e reembolso. Nessa modalidade, o associado escolhe o dentista de sua confiança, que não precisando ser da rede credenciada e paga pela consulta ou pelo tratamento.

Depois a operadora dá um prazo após o recebimento da documentação para que você receba o reembolso do valor gasto.

Vale ressaltar que casos como esse devem ser esclarecidos no momento da contratação do seu plano. Fique ciente se esse convênio pagará 100% do valor gasto ou se há algum limite de custo.

Então, não gaste além do seu plano contrate o benefício do plano odontológico implante, faça uma cotação conosco clicando aqui e veja os bons preços.

Se você se interessou por Plano odontológico Implante, você vai gostar de ver: